web analytics

Daniel Mendes Filho1, Patrícia de Carvalho Ribeiro2, Ricardo Cambraia Parreira3

1 Biomédico, mestre em Ciências Fisiológicas (Farmacologia, Bioquímica e Fisiologia) pela UFTM e doutorando em Fisiologia pela USP de Ribeirão Preto-SP, Brasil

2 Biomédica, mestre em Ciências Fisiológicas (Farmacologia, Bioquímica e Fisiologia) pela UFTM e doutoranda em Ciências da Saúde pela FAMERP, Brasil

3 Biomédico, mestre e doutor em Bioquímica e Imunologia pela UFMG e docente da UNIFIMES em Trindade-GO, Brasil

Edição Vol. 7, N. 5, 07 de Setembro de 2020

Figura 1: Cérebros de animais com AVC sem ou com tratamento (recepção de sangue). O cérebro sem tratamento está mais claro, principalmente na parte de cima, o que indica maior lesão. Fonte: adaptado de X. Ren et al., 2020

O acidente vascular cerebral ou encefálico (AVC ou AVE), também chamado derrame ou isquemia cerebral, é uma das principais causas de morte e invalidez no mundo. Esse distúrbio é consequência da interrupção do fluxo de sangue (isquemia) para determinada região ou hemisfério cerebral. A isquemia, por sua vez, pode ser causada tanto pela obstrução quanto pelo rompimento de uma artéria (hemorragia). Portanto, os tratamentos atuais geralmente incluem: medicamentos trombolíticos, os quais desobstruem os vasos sanguíneos; e cirurgia para remover o trombo ou conter a hemorragia.

A cada minuto após o AVC, a lesão cerebral aumenta, o que pode agravar as sequelas e aumentar o risco de morte. Por isso, novos e mais eficientes tratamentos para o AVC são tão necessários (leia mais em: https://www.nanocell.org.br/uma-nova-possibilidade-de-tratamento-para-avc/ e https://www.nanocell.org.br/uma-nova-perspectiva-para-o-tratamento-do-avc/).

Cientistas dos EUA, utilizando um modelo experimental de AVC em camundongos, observaram melhora significativa das funções cognitivas com redução de até 80% na lesão após… transfusão sanguínea (1). Sim! Não foi nenhum medicamento novo, terapia gênica ou células-tronco – a melhora foi observada após simples recepção de sangue de um animal doador saudável. Como isso foi possível? Parte do dano do AVC é resultado de uma resposta imunológica excessiva, com elevada produção da enzima metaloproteinase-9 (MMP-9) e de diversas moléculas sinalizadoras (“tempestade de citocinas”).

Essa resposta “desesperada” do sistema imune contra o AVC causa neuroinflamação e aumenta o tamanho da lesão no cérebro. Sendo assim, a recepção de sangue livre de níveis elevados de glóbulos brancos ativos, citocinas e MMP-9 conteve a neuroinflamação limitando a área cerebral comprometida (1; 2). Outra possível explicação para os benefícios da recepção de sangue é o aumento nos níveis de oxigênio, nutrientes e fatores de neuroproteção nos animais com isquemia cerebral. Por fim, essa nova terapia pode no futuro complementar os tratamentos usuais para AVC reduzindo tanto as sequelas quanto o risco de morte (2).

REFERÊNCIAS

(1) X. Ren et al., “Blood substitution therapy rescues the brain of mice from ischemic damage,” Nat Commun, doi:10.1038/s41467-020-17930-x, 2020.

(2) Blood Replacement Rescues Mice from Stroke Damage. Disponível em:< https://www.the-scientist.com/news-opinion/blood-replacement-rescues-mice-from-stroke-damage>. Acesso em: 07/09/2020.

admin_cms

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

Anuncie
Seja um parceiro do Nanocell News. Saiba como aqui.

Inscrição Newsletter

Deseja receber notícias de divulgação científica em seu e-mail?

Aqui você irá encontrar as últimas novidades da ciência com linguagem para o público leigo. É a divulgação científica para os brasileiros! O cadastro é gratuito!

Alô, Escolas!

Alô, Escolas! é um espaço destinado ao diálogo com as escolas, públicas e privadas, seus professores e alunos de todas as áreas (humanas, exatas ou ciências) do ensino médio e superior. A seção Desperte o cientista em você traz notícias, dicas de atividades e experimentos para uso em sala. Aqui você encontra também informações sobre a coleção de livros publicados pelo NANOCELL NEWS sobre ciências e saúde, e sobre o Programa Instituto Nanocell de Apoio à Educação.

Edições Anteriores

Curta a nossa página

css.php