web analytics

Swiany Silveira Lima1, Rebecca Vasconcellos Botelho de Medeiros2

1Doutora em Ciências Biológicas (Bioquímica) – Instituto de Química/Universidade de São Paulo – Laboratório de Proteômica e Aracnídeos da Fundação Ezequiel Dias (FUNED)

2Doutoranda em Biologia Celular –Universidade Federal de Minas Gerais – Laboratório de Sinalização Celular e Nanobiotecnologia do Departamento de Bioquímica e Imunologia/ICB/UFMG

Edição Vol. 6, N. 5, 22 de Abril de 2019

Sabemos a importância do O2 para a vida na terra. Sem ele não estaríamos aqui! E a sua formação é possível devido ao processo denominado fotossíntese que ocorre em micro-organimos como as cianobactérias, algas eucariotas, briófitas, pteridófitos e até as plantas com sementes (gimnospermas e angiospermas).

A fotossíntese sem dúvida alguma é um dos processos mais complexos que ocorrem na natureza. A energia luminosa provinda do sol é utilizada pelos organismos autotróficos para produção de energia química na forma de açúcares, assim conseguem o seu próprio alimento. Os reagentes são gás carbônico e água e os produtos são oxigênio e açúcares. Neste processo, as plantas produzem O2 devido à hidrólise (oxidação) da água, praticamente todo oxigênio atmosférico provém da fotossíntese, este será utilizado pelos organismos aeróbicos para a manutenção da vida. A fotossíntese é composta por um conjunto de reações que culminam com a síntese de carboidrato através da redução do CO2 atmosférico e produção de O2 [1]. A representação clássica do processo:

6 CO2 + 6 H2O → C6H12O6 + 6 O2

Muitos fatores afetam a fotossíntese como a intensidade luminosa, a disponibilidade de CO2 e a temperatura [2]. O aumento de todos estes fatores contribuem para um aumento na taxa fotossintética até um certo limite.

A produção de oxigênio na fotossíntese pode ser verificada num experimento simples utilizando uma planta aquática chamada Elodea sp. Muito utilizada em aquários e pode ser adquirida em pet shop (figura 1).

Figura 1: Produção de oxigênio na fotossíntese em Elodea sp. Fonte:http://projetofotossintesedb.blogspot.com.br/;https://djalmasantos.wordpress.com/2013/03/20/testes-de-fotossintese/

Materiais necessários:

  • Ramos de Elodea sp.
  • Abajur
  • Lâmpada fluorescente
  • Água
  • Garrafa de vidro ou um copo grande
  • Bicarbonato de sódio
  • Colher de sopa
  • Estilete

Passo-a-passo

  1. Na garrafa adicionar água e o bicarbonato de sódio na proporção de três colheres de sopa para um litro de água
  2. Com auxílio do estilete cortar um pedaço do caule da planta e colocá-la dentro do recipiente descrito acima com o caule voltado para cima e imerso
  3. Coloque a fonte de luz a uma distância de aproximadamente 30 cm da garrafa e observe a formação de bolhas. Espere aproximadamente 5 minutos. Conte o número delas por minuto
  4. Coloque a fonte de luz cada vez mais perto e faça o mesmo

REFERÊNCIAS

1. Amabis, J.M. and G.R. Martho, Biologia das celulas – origem da vida, citologia e histologia, reproduçao e desenvolvimento. Vol. 1. 2005: Editora Moderna.

2. Moacir Maestri, P.d.T.A., Marco Aurélio Pedron, Silva, Paulo Roberto Mosquim, Rolf Puschmann, Marco Antonio Oliva Cano, Raimundo Santos Barros, Fisiologia Vegetal (exercícios práticos). 1995: Editora UFV. 91.

3. http://projetofotossintesedb.blogspot.com.br/

4. https://djalmasantos.wordpress.com/2013/03/20/testes-de-fotossintese/

admin_cms

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

Anuncie
Seja um parceiro do Nanocell News. Saiba como aqui.

Inscrição Newsletter

Deseja receber notícias de divulgação científica em seu e-mail?

Aqui você irá encontrar as últimas novidades da ciência com linguagem para o público leigo. É a divulgação científica para os brasileiros! O cadastro é gratuito!

Alô, Escolas!

Alô, Escolas! é um espaço destinado ao diálogo com as escolas, públicas e privadas, seus professores e alunos de todas as áreas (humanas, exatas ou ciências) do ensino médio e superior. A seção Desperte o cientista em você traz notícias, dicas de atividades e experimentos para uso em sala. Aqui você encontra também informações sobre a coleção de livros publicados pelo NANOCELL NEWS sobre ciências e saúde, e sobre o Programa Instituto Nanocell de Apoio à Educação.

Edições Anteriores

Curta a nossa página

css.php