Ciência é INVESTIMENTO! Vamos transformar o Brasil em uma Nação rica e forte!

PASSE LIVRE: É Possível Sim Existir Almoço Grátis!

PASSE LIVRE: É Possível Sim Existir Almoço Grátis!

Erick Fernandes

É aluno da Unifesp e escritor

Edição Avulsa Vol. 2, N. 06, 31 de Janeiro de 2015

DOI: http://dx.doi.org/10.15729/nanocellnews.2015.01.31.001

Grande parte dos eleitores que reivindicam o passe livre em manifestações, no início das eleições oscilaram entre Dilma, Marina e Luciana Genro. Entretanto, Marina e Aécio pareciam ser os únicos que tinham uma noção do que ocorre em questão de gastos públicos na economia brasileira. Em uma entrevista para o Estadão, Armínio Fraga alega que o brasileiro sequer notaria caso fossem realmente adotados cortes e reajustes no meio econômico. Isso dá a concluir que o Estado em que vivemos é composto de gastos com o desnecessário e um alto aparelhamento estatal dotado de alianças políticas. Tais gastos desnecessários poderiam ser destinados a demandas como a do passe livre para estudantes ou pessoas de baixa renda, assim como investimentos em infraestrutura para que o setor industrial se torne mais produtivo _ também poderiam ser feitos sem o aumento tributário no bolso dos brasileiros.

A frase “não existe almoço grátis” faz todo sentido quando não se existe uma alta tão grande na taxa de impostos como no Brasil.

A reeleição da petista mostra que as coisas possam continuar do mesmo jeito como estão hoje: irresponsabilidades, ideologia e corrupção. Dificilmente os partidos e grupos ligados ao governo Dilma irão abrir mão de seus privilégios. Provavelmente, o passe livre será atendido, mas será feito da forma errada, acabaremos por pagar o almoço com mais um aumento em nossos bolsos.

Hoje, mesmo com uma crise econômica e um déficit nas contas públicas, no lugar de se suprir a falta de superávit, cortando o desnecessário que privilegia muitos ligados ao governo e a sua base aliada, foram feitos cortes a torto e a direito na área trabalhista e investimentos na área de educação – em seu primeiro discurso como posse, a presidente aclamou o país como “pátria educadora”.

Membros de seu partido como, Marta Suplicy, criaram atritos com a atual gestão Dilma e membros do partido ligados fortemente à presidente (só falta eu dizer a palavra Mercadante). Algo que é normal e natural, pois em um partido cuja origem foi feita em detrimento do trabalhismo, faz todo sentido que haja descontentamento de seus fundadores com a atual política governista.

Atualmente, vem surgindo cada vez mais a percepção popular do que vem ocorrendo no país e a ideia de que possa haver muitos almoços gratuitos vem ganhando força, mas quem recebe a melhor parte do banquete não é o brasileiro, mas sim quem participa do emparelhamento estatal.

 

O NANOCELL NEWS esclarece que as opiniões e conteúdos dos artigos aqui publicados são de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.

Print Friendly
  • PASSE LIVRE: É Possível Sim Existir Almoço Grátis!
  • 1
  1. Henrique Silva disse:

    Concordo, o (des)governo petista gasta com inúmeras futilidades, além de desviar bilhões da Petrobras que poderiam ser investidos em programas sociais, por isso acredito na redução do Estado e na redução da carga de impostos, só assim para a população não sofrer tanto assim com essa inflação.

    31/janeiro/2015 ás 18:06

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>