Ciência é INVESTIMENTO! Vamos tornar o Brasil em uma Nação rica e forte!

NOVA DROGA SUPRIME O HIV E PROTEGE AS CÉLULAS IMUNES COM UMA ÚNICA DOSE

NOVA DROGA SUPRIME O HIV E PROTEGE AS CÉLULAS IMUNES COM UMA ÚNICA DOSE

Edição Vol. 5, N. 07, 12 de Fevereiro de 2018

DOI: http://dx.doi.org/10.15729/nanocellnews.2018.02.12.006

Uma equipe de pesquisadores de Yale testou um novo composto químico que suprime o HIV, protege as células imunes e permanece efetivo por semanas com uma única dose. Em experimentos com animais, o composto provou ser um novo candidato promissor para melhorar os regimes atuais de tratamento do HIV – sem aumentar os efeitos colaterais tóxicos! Porém, ainda não tem cura! Previna-se.

hiv 

Novo medicamento contra o HIV reprime o vírus em camundongos humanizados!

A descoberta baseia-se no trabalho dos co-autores seniores Karen S. Anderson e William L. Jorgensen, que utilizaram métodos de projeto computacional e baseados em estruturas para desenvolver uma classe de compostos que visam uma proteína viral essencial para o HIV se replicar. Os pesquisadores refinaram essa classe de compostos para aumentar a potência, reduzir a toxicidade e melhorar as propriedades farmacológicas, a fim de identificar um promissor candidato à droga pré-clínica. Em colaboração com o laboratório de Priti Kumar em Yale, o candidato a fármaco foi testado em camundongos com células sanguíneas humanas transplantadas e infectados pelo HIV.

Nos camundongos humanizados, o composto alcançou os principais objetivos do tratamento contra o HIV: Suprimiu o vírus para níveis indetectáveis ??no sangue; protegeu as células imunes que o vírus infecta; e funcionou sinergicamente com medicamentos aprovados para o HIV, disseram os pesquisadores.

Além disso, trabalhando com o especialista em entrega de drogas de Yale Mark Saltzman e seu laboratório, os pesquisadores descobriram que os efeitos de uma única dose do composto – entregue em uma forma de nanopartículas de ação prolongada – duraram quase um mês.

Enquanto novos testes são necessários, o composto tem potencial para melhorar o tratamento para o HIV, o que afeta 37 milhões de pessoas em todo o mundo, disse Anderson. “Nosso candidato a drogas funciona sinergicamente com todas as classes atuais de medicamentos contra o HIV, bem como alguns que também estão sendo testados em ensaios clínicos. Ele melhora a sua potência e pode ser uma melhor combinação até então utilizada pelos pacientes”.

Ainda não é a cura, então, PREVINA-SE!

É a ciência trazendo benefícios para nossa saúde! Invista você também em ciências!

Fonte: Ziba Kashef, Universidade de Yale

Referência

Shalley N. Kudalkar, et al., “From in silico hit to long-acting late-stage preclinical candidate to combat HIV-1 infection,” PNAS, 2018; doi: 10.1073/pnas.1717932115

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>