Ciência é INVESTIMENTO! Vamos tornar o Brasil em uma Nação rica e forte!

II PRÊMIO CIENTISTAS E EMPREENDEDOR DO ANO INSTITUTO NANOCELL

II PRÊMIO CIENTISTAS E EMPREENDEDOR DO ANO INSTITUTO NANOCELL

Mariana Vieira Souza, Fernanda M. P. Tonelli, Ricardo C. Parreira, Rodrigo R. Resende

Edição Vol. 4, N. 9, 15 de Maio de 2017

DOI: http://dx.doi.org/10.15729/nanocellnews.2017.05.15.001

Uma das grandes satisfações do ser humano é ser reconhecido naquilo que ele faz de melhor. Ser reconhecido pelo seu trabalho, pelo seu mérito, pelos resultados que alcançou durante o ano ou sua carreira. 

Algumas premiações se resumem a um trabalho de um pôster em um evento anual, outras equivalem a uma produção específica com resultados obtidos durante uma tese de doutorado, ou um artigo publicado. Já outras consideram o trabalho do pesquisador durante um período de sua carreira, seja como jovens pesquisadores de talento ou pesquisadores sêniores, com longos anos de sua vida dedicada à ciência. Uma vantagem de premiações para a carreira é que se avalia o desempenho dos concorrentes, tanto bom quanto ruim, ao longo dos anos. Ninguém é bom demais ou ruim o ano todo. Flutuações sempre ocorrem e ocasos devidos às condições econômicas, saúde, ânimos, entre outras. Assim, pode-se premiar as pessoas com base em seu desempenho em longo prazo, ao invés de excluí-las por conta de um erro ocorrido em uma semana passada. O chato é que demoraria anos para ser reconhecido por essa premiação. Talvez nem vivesse até lá para recebe-la… Por isso mesmo, não devemos trabalhar por conta de um prêmio. Os fins, não justificam os meios.

Um prêmio pode ser a motivação para que as pessoas se dediquem com mais eficiência e produzam resultados melhores, porém não pode ser seu fim. Quem trabalha pelo prêmio poderá ver seus planos frustrados, sua carreira perdida, sua vida dedicada a seu trabalho virar uma vida sem sentido, simplesmente por não ter sido lembrado pelos seus pares. Toda premiação é limitada a poucos escolhidos, e poucos são lembrados pelos pares, apesar de suas qualificações. Também não podemos acreditar ou achar que somos os melhores, daí o nível de arrogância e prepotência adquirida seria maior do que nosso próprio trabalho. Então, qual seria a maneira justa e eficaz de se realizar uma premiação?

Certamente, encontrar uma fórmula que se faça justa e eficiente para uma premiação não é fácil e, provavelmente, não exista. Entretanto, podemos estabelecer as regras pelas quais as premiações serão consideradas. Se é uma premiação, então pressupõe-se que se deve premiar o melhor desempenho e esse desempenho deve ser especificado o que é. 

Outrossim, quando consideramos a premiação de um cientista temos que considerar que ele tenha formado outros cientistas, e estes últimos participaram e ajudaram ao seu orientador na conquista meritocrática de sua carreira. O contrário também é verdadeiro. Antes de se tornar orientador, todos já foram alunos. Crescemos porque outros deram seus ombros como apoio para que pudéssemos chegar aqui. É aquela velha história. O resultado que temos hoje, necessariamente tem que ser melhor do que o de 30 anos atrás. Imagine você, 30 anos de sua vida se passaram e nada de melhor você conquistou ou fez? Andou para trás? Temos sempre que estar melhor em alguma coisa, e que essa seja positiva. Há outros que preferem ter mais crimes agora do que há 30 anos… Esses não podem ser os meios para se conquistar a ciência. 

Evidentemente, a premiação que aqui faremos não é de grupo, mas deveria ser estendida aos pares que nos ajudaram a conquista-lo. Sejam os agraciados professores, alunos ou empresas. Um trabalho é realizado por uma equipe, desde aquele que lava a vidraria todos os dias, efetua as compras (e que parte chata ter que cotar, negociar o preço, fechar a proforma, acompanhar o pedido, pagar e manter o estoque _ se for importação então…), aos que preparam os reagentes, planejam, executam os experimentos, analisam os dados e escrevem o artigo final. Com certeza tem mais gente participando aí. 

Pensando nisso, separamos o Prêmio Cientistas e Empreendedor do Ano Instituto Nanocell em duas categorias, Professores e Alunos, separados em seis áreas distintas das ciências, que anualmente serão mudadas em acordo com as necessidades do Brasil, enquanto nação, e visão estratégica em ciências, tecnologia e inovação, em quesito de desenvolvimento, sem nos atermos a considerações político partidárias.

E o grande diferencial do Prêmio Instituto Nanocell é que, além de considerarmos o mérito científico e carreira dos participantes, e esse está presente em todas as 3 etapas da premiação, é que há a participação do grande público. O público leigo que, às vezes, nem sabe pelo que passamos ou como fazemos os experimentos na bancada do laboratório. O grande público que financia nossas pesquisas. O público para o qual devemos trabalhar e dedicar nossos esforços. A ciência gera conhecimento e esse deve ser de acesso à sociedade. Por isso mesmo, o Instituto Nanocell promove as ciências e a educação, através de artigos de divulgação científica (além de outras medidas) para que o grande público possa aprender e entender um pouco daquilo que fazemos. O conhecimento produzido, aprendido e entendido pela população é a grande arma aplicada contra a corrupção e para o desenvolvimento de uma nação!

2-premio-nanocell-2017 

Figura 1: Indicados para o II Prêmio Cientistas e Empreendedor do Ano Instituto Nanocell

Mais do que o reconhecimento pelos nossos pares, nossos colegas que também fazem ciências, é ter o grande público, o público leigo, que nos reconheça por aquilo que fazemos de melhor (Figura 1). Acredito que essa é a maior honraria para essa premiação. Todos os 36 professores, 36 alunos e 6 empresas indicados, que aqui estão classificados, é porque tiveram o reconhecimento maior do público em geral, tanto do público leigo quanto do público especializado (nossos pares) como sendo referências nacionais em seus trabalhos! Um reconhecimento único que demonstra que vocês, os indicados, são os melhores especialistas no que fazem e que ainda ajudam à população de alguma maneira, seja com artigos de divulgação científica, seja atendendo aos pacientes, seja ensinando em escolas e universidades, seja pelos seus produtos diferenciais oferecidos no mercado. Vocês foram indicados pelo seu papel diferencial na sociedade. 

E não pensem que foi apenas a indicação, a análise dos currículos dos indicados também foi realizada, antes que confirmássemos sua indicação. Sim, sem mérito, ninguém entraria… Se pensarmos em merecimento, todos mereceriam. Quem seríamos nós para dizer que alguma outra pessoa não mereceria ganhar um prêmio? Quem diria que Cézar Lattes ou Gandhi, mesmo Einstein pela Teoria Geral da Relatividade, não mereceriam ganhar um Nobel? Para não ocorremos nesses erros, a primeira seleção foi pelo maior número de indicações para cada professor, aluno e empresa, em cada área. Em seguida, foram analisados seus currículos e, aqueles que haviam méritos acadêmicos de relevância, tanto em número quanto em qualidade, priorizando por essa última, em publicações, formação de pessoal, produtos lançados e comercializados, foram classificados para concorrerem ao Prêmio Cientistas e Empreendedor do Ano Instituto Nanocell.

Após mais de 22 mil pessoas realizando suas indicações divulgamos os nomes dos cientistas e empresas que fazem a diferença e tiveram destaque em suas respectivas áreas. 

E agora, neste dia 1 de Junho, destacamos os 3 primeiros classificados de cada área, que serão agora avaliados pelos pares e, mais uma vez, pela sociedade!

Começa agora a terceira etapa do Prêmio Cientistas e Empreendedor do Ano Instituto Nanocell.

Entre e vote nos seus cientistas do ano! 

https://www.facebook.com/institutonanocell/ 

ou

http://www.institutonanocell.org.br/#/awards/2  

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>