Ciência é INVESTIMENTO! Vamos transformar o Brasil em uma Nação rica e forte!

DROGAS: o que são e o que fazem com nosso cérebro? ECSTASY E ÁLCOOL, UMA VIA SEM SAÍDA

DROGAS: o que são e o que fazem com nosso cérebro?

ECSTASY E ÁLCOOL, UMA VIA SEM SAÍDA

Edição Vol. 2, N. 03, 11 de Novembro de 2014

DOI: http://dx.doi.org/10.15729/nanocellnews.2014.11.10.007

“Ecstasy” é o nome para MDMA (3,4-metilenodioxi-metanfetamina), uma droga sintética que tem efeitos semelhantes a alguns estimulantes e alucinógenos.

Muitas pessoas que tomam ecstasy também o usam com uma variedade de outras drogas, incluindo o álcool. Mas como é a experiência de misturar álcool com ecstasy? É perigoso? O ecstasy causa vício?

Leia abaixo as respostas para estas perguntas. Então, sinta-se livre para compartilhar suas experiências e perguntar na seção de comentários no final.

OS EFEITOS DO ECSTASY E DO ÁLCOOL

Por si só, o ecstasy produz um poderoso sentimento de euforia causado por uma onda de neurotransmissores no cérebro. Quanto tempo o ecstasy permanece no seu corpo varia de acordo com a dose tomada. No entanto, esta onda química cria sentimentos de euforia, empatia e excitação. Quando misturado com álcool, os usuários muitas vezes acham que a euforia dura por mais tempo e também que estão mais excitados sexualmente (1).

No entanto, a depleção ou esgotamento dos neurotransmissores, um dos efeitos causados por se tomar o ecstasy, muitas vezes leva a um choque após o sentimento de euforia, que pode envolver a ansiedade, depressão e problemas para dormir. Alguns usuários de ecstasy relataram aumentos de efeitos colaterais negativos quando eles escolheram em combinar com o álcool (1, 2).

PERIGOS DE MISTURAR ECSTASY E ÁLCOOL

O ecstasy preserva sentimentos de embriaguez, aqueles de se ficar alegre no início do primeiro copo, e aqueles do porre em que se apaga ou não se lembra de nada, após os goles a mais, mas pode impedir a sedação, consistente com a intoxicação alcoólica. Embora o usuário possa sentir que o ecstasy ajuda a mediar os efeitos do álcool sobre o desempenho físico, estudos científicos têm demonstrado que a capacidade cognitiva permanece comprometida com as duas drogas juntas (1, 2).

Além disso, participantes de um estudo científico recente examinou os efeitos do MDMA (ecstasy) e do álcool juntos. Eles descobriram que, enquanto ambas as drogas diminuem a inibição por si mesmas, quando tomadas em conjunto, os usuários relataram maior excitação sexual. Beber álcool em cima do ecstasy pode incentivar ainda mais o comportamento de risco, como o sexo desprotegido (2).

OVERDOSE POR ECSTASY E ÁLCOOL

Como os usuários podem sentir-se que não estão sendo prejudicados pelo álcool, as pessoas em êxtase pelo ecstasy podem ser mais suscetíveis à intoxicação pelo álcool. O ecstasy interfere com a capacidade do corpo em metabolizar outras substâncias, o que pode aumentar o risco de overdose, quando feito com outras drogas. Para aumentar a euforia, os usuários podem querer tomar mais de uma ou outra droga. Alguns usuários de ecstasy podem ter insuficiência cardíaca. Os sintomas de overdose por ecstasy podem incluir a hipertensão arterial, convulsões, perda de consciência, ataques de pânico e desmaios.

MORTES POR ECSTASY E ÁLCOOL

Além do MDMA, outras substâncias podem estar presentes em comprimidos de ecstasy (3). Alguns comprimidos vendidos como ecstasy não contêm MDMA e podem conter outras drogas nocivas. Pode ser difícil para o usuário determinar exatamente quais substâncias eles estão colocando em seu corpo (3). Algumas dessas interações medicamentosas podem ser muito perigosas por si mesmas, e podem tornar-se mais perigosas quando ingeridas com álcool. É importante que o usuário saiba a fonte de seu ecstasy. Algumas pesquisas têm relato da composição de várias comprimidos de ecstasy, justamente para, quando o usuário parar em um centro de emergência clínica ou pronto socorro, o médico saber com o que tratar o usuário. Este foi um dos estudos que fizemos junto com o Dr. José Luiz da Costa, perito criminal da Polícia Científica de São Paulo (3).

É SEGURO BEBER COM O ECSTASY?

Não é nem um pouco uma boa ideia beber e tomar o ecstasy juntos! Embora a combinação de ecstasy e álcool possa prolongar a euforia e intensificar a excitação, isso pode levar a interações medicamentosas indesejáveis e perigosas. Se você usa o ecstasy, certifique-se de que você sabe a sua origem e composição. Melhor seria se parasse de vez de se intoxicar, pois, um dos efeitos do ecstasy é degenerar seu cérebro, ou seja, reduzir seu QI, suas qualidades cognitivas, capacidade de pensamento e discernimento, sua habilidade intelectual, seu desejo e prazer sexual, entre vários outros efeitos que podem levar, inclusive, ao mal de Alzheimer.

PERGUNTAS SOBRE A MISTURA DO ECSTASY E DO ÁLCOOL

Você ainda tem dúvidas? Por favor, deixe-as na seção de comentários e vamos trabalhar para respondê-las. Se não pudermos responder suas perguntas, vamos encaminhá-lo para alguém que possa.

Referências

1. Vidal-Infer A, Aguilar MA, Minarro J, Rodriguez-Arias M. Effect of intermittent exposure to ethanol and MDMA during adolescence on learning and memory in adult mice. Behavioral and brain functions : BBF. 2012;8:32. PubMed PMID: 22716128. Pubmed Central PMCID: 3542061. Epub 2012/06/22. eng.

2. Dumont GJ, Schoemaker RC, Touw DJ, Sweep FC, Buitelaar JK, van Gerven JM, et al. Acute psychomotor effects of MDMA and ethanol (co-) administration over time in healthy volunteers. J Psychopharmacol. 2010 Feb;24(2):155-64. PubMed PMID: 19164498. Epub 2009/01/24. eng.

3. Togni LR, Lanaro R, Resende RR, Costa JL. The Variability of Ecstasy Tablets Composition in Brazil. Journal of forensic sciences. 2014 Aug 14. PubMed PMID: 25125149. Epub 2014/08/16. Eng.

Print Friendly
  • DROGAS: o que são e o que fazem com nosso cérebro? ECSTASY E ÁLCOOL, UMA VIA SEM SAÍDA
  • 8
  1. AS disse:

    Caros,

    obrigado pelas informações valiosas. Acabei misturando álcool e ecstasy e agora, depois de 3 dias, ainda tenho um pouco de ressaca, confusão mental, leve sensação de pânico e ansiedade. Há uma forma de diminuir esses efeitos? Evidente que não pretendo voltar a fazer isso nos próximos 20 anos! Na verdade os efeitos estão diminuindo, mas a dor de cabeça não… Há uma forma de ter meu bem estar de volta mais rápido? Como recuperar os neurônios perdidos, a parte que se degenerou se refaz?

    Obrigado,
    A.

    10/agosto/2015 ás 13:02
  2. ayrton disse:

    Gostaria de saber , se eu tomar 1/4 da bala de extasy e misturar com álcool é ainda perigoso?
    E gostaria de saber se eu tomar um extasy na balada depois de quanto tempo posso estar ingerindo álcool?

    Obrigado aguardado respostas

    11/fevereiro/2016 ás 03:15
  3. D.C disse:

    Oi, tomei 3/4 de um ecstasy e misturei álcool, faz 1 dia e quando eu fecho a boca com um pouco de força dói numa parte do meu cérebro, quase do lado do olho.. se encosto tbm dói. Tem como refazer os neurônios perdidos?

    05/setembro/2016 ás 14:28
  4. Luciana disse:

    Gostaria de saber quanto tempo após tomar uma dose de álcool, posso tomar o ecstasy sem que ele interfira. Posso tomar uma dose e depois de 1h tomar uma bala sem que uma prejudique a outra?

    22/dezembro/2016 ás 22:11
  5. Sérgio disse:

    eu tomei um comprimido de ecstasy e estava bêbado no momento mas logo após os efeitos começarem eu consumi mais álcool… Foi a primeira vez em que tomei o ecstasy sendo assim gostaria de saber se a degeneração cerebral é causada no primeiro comprimido ou se esses danos no cérebro são causados Com o consumo constante de ecstasy.

    16/janeiro/2017 ás 19:56
  6. Ana Carolina disse:

    Gostaria de saber se bebendo algumas horas antes de tomar a bala me fara mal? Pq li que se tomar os dois juntos ou o álcool depois pode causar um ataque cardíaco e não li nada sobre se beber antes, poderiam me ajudar? Obrigado.

    27/março/2017 ás 14:58
  7. Rodrigo Peres disse:

    exagerei no ecstasy tomando 4 comprimidos, estou a 5 dias com uma dor de cabeça fora do normal, queria saber o que eu posso fazer para diminuir e quanto tempo essa dor de cabeça passa…

    13/abril/2017 ás 16:10
  8. Michely disse:

    Meu irmão ta com os mesmo problema ele misturou bebidas com drogas,ele esta fora de si,não sabemos o que fazemos mais,ele ta querendo quebrar tudo,ele já queimou todas as roupas dele rasgou etc…o que eu faço,por favor me ajudem,não aguento mais…

    10/dezembro/2017 ás 10:29

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>