Ciência é INVESTIMENTO! Vamos transformar o Brasil em uma Nação rica e forte!

COMO A NANOCIÊNCIA MELHORARÁ NOSSAS VIDAS NOS PRÓXIMOS ANOS

COMO A NANOCIÊNCIA MELHORARÁ NOSSAS VIDAS NOS PRÓXIMOS ANOS

Edição Vol. 4, N. 2, 22 de Novembro de 2016

DOI: http://dx.doi.org/10.15729/nanocellnews.2016.11.22.001

Futuro. Essa é uma palavra que nos espera e, o que está lá, é o que nos aguarda. Mas como chegar até lá partindo do princípio do que temos agora? Através da nanotecnologia produzimos novos materiais com propriedades exclusivas e diferentes dos materiais estendidos ou sólidos bulkies e que estão transformando nossa maneira de ver nosso cotidiano e o universo reverso, o universo atômico. 

screen-shot-2016-12-19-at-8-02-08-pm

Os nanocientistas estão olhando para o que podemos esperar na próxima década e concluem que a nanociência está pronta para fazer contribuições importantes em muitas áreas, incluindo os cuidados com a saúde, a eletrônica, a energia, os alimentos e a água.

As nanociências envolvem moléculas que são apenas 1/100 do tamanho de células cancerosas e que têm o potencial de melhorar profundamente as nossas qualidades de saúde e vidas. Agora, nove proeminentes nanoscientistas olham adiante e supõem sobre o que podemos esperar na próxima década, e concluiem que a nanociência está pronta para fazer contribuições importantes em muitas áreas, incluindo os cuidados com a saúde, eletrônicos, energia, alimentos e água.

Progressos significativos já foram conseguidos com nanomateriais, relatam os autores do artigo Paul Weiss, que detém uma cadeira presidencial UC e é um professor ilustre de química e bioquímica na UCLA, e Dr. Andre Nel, chefe da nanomedicina na Escola de Medicina David Geffen na UCLA e o prof Rodrigo Resende do Instituto Nanocell. Na revista ACS Nano, Weiss, Nel, que é um ilustre professor de medicina, e seus colegas dizem o seguinte:

  • As nanopartículas podem ser desenvolvidas para atacar doenças infecciosas. Os nanomateriais podem ser direcionados aos pulmões para a entrega de potentes antibiotóticos e drogas anti-inflamatórias podem combater as infecções bacterianas e virais.
  • As nanopartículas podem levar a tratamentos mais eficazes de distúrbios neurológicos tais como a doença de Parkinson e a doença de Alzheimer, assim como a artrite.
  • O campo emergente da imuno-oncologia é susceptível de produzir avanços que irão ativar o sistema imunológico do corpo para atacar células tumorais. Vantagens importantes das nanopartículas são que elas podem ligar-se seletivamente a receptores super-expressos em tumores e podem ser administradas à mesma célula com uma dose e tempo predeterminados, embora ainda permaneçam desafios científicos significativos.
  • A indústria microeletrônica vem fabricando produtos com estruturas em nanoescala há décadas – um mercado atualmente avaliado em aproximadamente US$ 500 bilhões anuais. Os pesquisadores dizem que ainda há espaço suficiente para grandes melhorias, incluindo muitas oportunidades na concepção criativa de dispositivos para processamento de dados e armazenamento de informações.
  • A nanotecnologia é susceptível de captar, converter e armazenar energia com maior eficiência e ajudará a produzir com segurança e em grande escala uma produção de energia sustentável e eficiente para atender à crescente demanda mundial por energia.
  • Os princípios da nanotecnologia estão sendo usados na dessalinização e purificação da água, e a nanotecnologia está preparada para fazer grandes contribuições para o fornecimento de água limpa globalmente.
  • É provável que a tecnologia se torne cada vez mais difundida, com a proliferação de “dispositivos inteligentes nano-habilitados” em áreas como telecomunicações, bens de consumo e tecnologia da informação.
  • Os avanços em nanociência podem levar a avanços na segurança alimentar e reduções na contaminação de alimentos. Podem ser projetadas tecnologias de sensores que exploram mudanças na superfície das nanoestruturas para que possam detectar patógenos causadores de doenças antes de se espalharem. As tecnologias de sensores em nanoescala também podem levar a melhorias nos agroquímicos.
  • Os pesquisadores discutem a necessidade de implementar com segurança novos nanomateriais e apresentam ideias para isso. Eles também pedem que os pesquisadores comuniquem suas pesquisas com o público, como por exemplo, o trabalho que fazemos aqui no Nanocell News! Um jornal para leigos feito por cientistas!

A nanociência reuniu cientistas, engenheiros e clínicos de muitas áreas diferentes e continuará a atravessar muitas fronteiras acadêmicas.

O campo está pronto para fazer contribuições muito além do mundo em nanoescala que temos explorado até agora. Esta é a era da descoberta para a nanociência e nanotecnologia.

Também, como a própria nanociência lida com materiais e suas propriedades nunca antes estudadas, a ciência básica é a matriz para toda essa transformação social e industrial que está ocorrendo. Financiamentos para essa área prioritária em concorrência por todo o mundo é que fará a diferença para se ter uma nação forte, independente dos produtos de outros países. Uma sugestão para a direção e sentido que o Brasil deve tomar.

Fonte: Stuart Wolpert, Notícias da UCLA

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>