Ciência é INVESTIMENTO! Vamos tornar o Brasil em uma Nação rica e forte!

CÉLULAS CANIBAIS NA LUTA CONTRA O CÂNCER

CÉLULAS CANIBAIS NA LUTA CONTRA O CÂNCER

Daniel Mendes Filho, Rodrigo R Resende, Ricardo Cambraia Parreira

Edição Vol. 4, N. 13, 7 de Agosto de 2017

DOI: http://dx.doi.org/10.15729/nanocellnews.2017.08.07.005

Por mais bizarro que pareça, sim, existem células canibais. E muito mistério ainda ronda esse processo chamado cientificamente de emperipolese ou entose e que foi descrito pela primeira vez há mais de 100 anos. As células, enquanto menor unidade viva conhecida, passam pelos mesmos processos biológicos que nós: elas nascem, se reproduzem e se alimentam por processos chamados de fagocitose e pinocitose. O impressionante é o fato de elas se alimentarem de suas semelhantes em determinadas circunstâncias (Figura 1).

celulas-canibais-cancer

 

Figura 1: PACMAN das células! Células que se alimentam de células

Essa refeição macabra costuma acontecer mais especificamente entre células epiteliais (como aquelas que constituem nossa pele e o revestimento dos intestinos), durante sua reprodução (processo chamado de mitose). Isso é um dado muito importante quando levamos em conta que, no desenvolvimento do câncer, ocorre um processo de reprodução celular desenfreada e que a maioria dos tipos de cânceres afeta exatamente as células epiteliais (por exemplo, o câncer de pele, de mama e do colo do útero) (Figura 2). 

celulas-canibais-cancer-2

 

Figura 2: Ilustração simplificada do processo de entose (adaptado de: Lucy Reading-Ikkanda for The Scientist, August 2011)

E se esse apetite canibal pudesse ser intensificado e direcionado para células cancerosas? Certamente a entose limitaria a multiplicação daquelas. 

A Dra Joanne Durgan e outros cientistas do Reino Unido após suprimirem em células epiteliais a molécula Cdc42 (a qual regula a morfologia celular durante a mitose), observaram que as células modificadas sofriam uma série de alterações biofísicas que as sinalizavam como “presas” para outras células normais. Consequentemente, as células sem Cdc42 acabaram sendo “devoradas”. Isso sugere que células epiteliais normais podem ter o apetite canibal despertado ao detectarem essas células modificadas. 

O mesmo estudo revelou que esse fenômeno de direcionamento do canibalismo acontece contra células cancerosas mediante uso de medicamentos da classe dos taxanos (que já são usados em quimioterapia). Juntas essas observações podem abrir caminho para novas terapias contra o câncer que envolvam algum tipo de marcação das células cancerosas para que elas sejam destruídas por células normais. Tal tratamento, além de preservar as células saudáveis (e usá-las como predadoras), teria menos efeitos colaterais por atingir as células doentes em específico.

Está aí mais um exemplo simples de que a ciência transforma nossa sociedade, gera riqueza e que seu investimento é indiscutível para que um país cresça!

Referências

Lugini LMatarrese PTinari ALozupone FFederici CIessi EGentile MLuciani FParmiani GRivoltini LMalorni WFais S.Cannibalism of live lymphocytes by human metastatic but not primary melanoma cells. Cancer Res. 2006 Apr 1;66(7):3629-38.Abodief WTDey PAl-Hattab O.Cell cannibalism in ductal carcinoma of breast. Cytopathology. 2006 Oct;17(5):304-5.

Overholtzer MMailleux AAMouneimne GNormand GSchnitt SJKing RWCibas ESBrugge JS. A nonapoptotic cell death process, entosis, that occurs by cell-in-cell invasion. Cell. 2007 Nov 30;131(5):966-79.

Wang S1, Guo ZXia PLiu TWang JLi SSun LLu JWen QZhou MMa LDing XWang XYao X. Internalization of NK cells into tumor cells requires ezrin and leads to programmed cell-in-cell death. Cell Res. 2009 Dec;19(12):1350-62. doi: 10.1038/cr.2009.114. Epub 2009 Sep 29.

Joanne Durgan, Yun-Yu Tseng, Jens C Hamann, Marie-Charlotte Domart, Lucy Collinson, Alan Hall, Michael Overholtzer, Oliver Florey.  Mitosis can drive cell cannibalism through entosis. eLife2017;6:e27134 DOI: 10.7554/eLife.27134

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>