Ciência é INVESTIMENTO! Vamos transformar o Brasil em uma Nação rica e forte!

ACNES E CRAVOS PODEM SER RESULTANTES DE UMA MUTAÇÃO GENÉTICA

ACNES E CRAVOS PODEM SER RESULTANTES DE UMA MUTAÇÃO GENÉTICA

Edição Vol. 3, N. 12, 27 de Junho de 2016

DOI: http://dx.doi.org/10.15729/nanocellnews.2016.06.29.005

Quem não gostaria de passar pela adolescência sem sofrer com acnes, espinhas e cravos crescendo em seu rosto? Ainda mais se toda vez que comemos um chocolate, logo no dia seguinte, surge aquela bolinha de pus na testa ou no nariz… Pois bem, a guerra contra essas infames rosetas e sáculos purulentas ganha agora mais força. Avante contra a genética das espinhas e cravos!

Screen Shot 2016-06-29 at 11.27.44 AM

Figura 1: Mutações NEK9 induzem que folículos pilosos normais desenvolvam cravos e cistos de acne. Em 1895, Kofmann descreveu o primeiro caso de nevo comedonicus. Este se manifesta como grupos de estreitamente definidos, aberturas foliculares dilatadas com tampões de queratina escuras semelhante a comedões. A maioria dos casos são isolados. No entanto, o nevus ou nevo comedonicus pode ser parte da síndrome do nevo comedonicus em associação com anomalias esqueléticas ou do sistema nervoso central, alterações oculares, e defeitos cutâneos. Fonte: (1)

Uma nova pesquisa de professores da Universidade de Yale identificou uma mutação genética responsável pelos defeitos que dão origem à acne leve e grave, possivelmente, revelando novos alvos para o tratamento da acne.

Em outra discussão aqui, no NANOCELL NEWS, apresentamos que o resveratrol, o componente de sucos de uva e vinhos, pode ser uma solução para acabar com as acnes e cravos. O resveratrol age por um processo de produção de espécies reativas de oxigênio matando as bactérias presentes em cravos e acnes (2) (veja mais em COMPONENTE DO VINHO E DAS UVAS, RESVERATROL, TAMBÉM PODE ACABAR COM ESPINHAS: Resveratrol inibe o crescimento de bactérias que causam a acne).

No estudo, a equipe liderada pelo prof Dr. Keith A. Choatea, tomou amostras de sangue e tecidos de três indivíduos com uma forma rara de acne conhecida como nevo comedonicus. Sequenciando os genomas dos três indivíduos, os pesquisadores descobriram que mutações no gene NEK9 causam defeitos no folículo piloso. É sabido que todas as acnes são dependentes de folículos capilares. O que se descobriu foi que no contexto de mutação NEK9, os folículos pilosos iam da produção do cabelo normal para a produção de cravos pretos gigantes e cistos (1).

O novo entendimento fornece pistas para potencialmente tratar as formas mais comuns de acne. Antes do estudo, não se tinha conhecimento de que esta família de proteínas era relevante para a causa da acne. É intrigante pensar se seria possível desenvolver uma droga que tem como alvo a NEK9, isto poderia ter relevância para o tratamento de cravos e acnes (1). Pensando nos bilhões de jovens que passam pela puberdade e outros tantos milhões que sofrem de excessos de espinhas e cravos que chegam a deformar a pele, esse, com certeza, é um mercado que garantirá sucesso aos seus investidores. 

Fonte: Ziba Kashef, Universidade de Yale

Referências

1.Levinsohn JL, Sugarman JL, Yale Center for Mendelian G, McNiff JM, Antaya RJ, Choate KA. Somatic Mutations in NEK9 Cause Nevus Comedonicus. American journal of human genetics. 2016;98(5):1030-7.

2.Resende RR. COMPONENTE DO VINHO E DAS UVAS, RESVERATROL, TAMBÉM PODE ACABAR COM ESPINHAS: Resveratrol inibe o crescimento de bactérias que causam a acne. Nanocell News. 2014;2(1).

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>